Projeto Educativo

PROJETO EDUCATIVO

O projeto educativo do nosso colégio pretende responder ao desenvolvimento das crianças que educamos. As diretrizes curriculares encontram-se espelhadas no Projeto Pedagógico/ Projeto Curricular de Escola.

Oferta Educativa (atividades curriculares complementares)


 
Creche Gym Jam (psicomotricidade lúdica); Música; Inglês (2 anos); Dança Criativa (extracurricular); Projeto “Quintas à Medida”; Projeto Cri“ARTE”.
Jardim Infância Inglês; Música; Motricidade; Atelier de Globalização das Expressões; Atelier de Ciência Divertida, Projeto “Quintas à Medida”, Projeto Cri“ARTE”.
1º Cliclo Inglês; Projeto “Quintas à Medida”; Projeto Cri“ARTE”; Novas Tecnologias.

O nosso projeto educativo centra-se no Criar como forma de comunicar, aprender, sentir e viver.

 

O tema aglutinador Aprende a Cri"ARTE" é transversal à creche, jardim de infância e 1.º ciclo e será desenvolvido nas diversas áreas curriculares de cada valência de ensino, de acordo com a planificação.

 

 

Aprende a Cri"ARTE" através :

 

 

da linguagem e da imagem

 

do pensar, do contar e partilhar…

 

da pintura e da música

 

da fantasia e da literatura

 

da matemática e da ciência

 

do teatro e do movimento…

 

 

A criatividade traduz-se nas atividades espontâneas que o ser humano pratica no seu relacionamento com o mundo, durante a infância. O brincar na infância, exemplo da maior criatividade e desenvolvimento integral do ser humano, expressa os aspetos pessoal, social, cultural e as dimensões concretas das ações realizadas pelo corpo.

Para Winnicott, o potencial criativo está ao serviço da constituição de uma identidade pessoal – é a obra criativa mais importante da existência humana, visto que todas as demais realizações derivarão desta primeira. É na infância que o ser humano explora as experiências reveladoras de aspetos subjetivos que lhe são próprios, experimenta os poderes e limites de seu corpo, imagina seus encantos e descobre seus desejos, põe à prova hipóteses sobre o seu entendimento do mundo, duvida da veracidade dos fatos, e, ao mesmo tempo, vai construindo crenças de si mesmo, crenças sobre as pessoas, sobre como é o mundo social, sobre como é o universo concreto. A criança explora e descobre-se a si própria e ao mundo em direção à vida adulta, somando experiências determinantes que arquitetarão o seu futuro.

 

Ano Letivo - Conteúdo

 

 

Calendário escolar

 

No período em que não decorrem atividades letivas, são organizadas atividades não curriculares, publicadas atempadamente. Estas atividades possibilitam à criança desenvolver competências sociais e criativas.

 

 

Manuais Escolares

 

 

 

Períodos de Avaliação:

 

 

Creche e Jardim de Infância

 

1º Período de 16 de setembro a 17 de dezembro
2º Período de 6 de janeiro a 4 de abril
3º Período de 22 de abril a 13 de junho

Avaliação de diagnóstico: setembro

Registo de observação intermédia

Avaliação final: dezembro

Registo de observação intermédia

Avaliação final: abril

Registo de observação intermédia

Avaliação final :junho

 

1.º Ciclo do Ensino Básicos

As principais orientações e disposições relativas à avaliação das aprendizagens no ensino básico, nomeadamente a inter-relação entre os processos de avaliação e as aprendizagens e competências pretendidas, têm por base o documento legal de avaliação no âmbito da reorganização curricular do ensino básico - Despacho Normativo nº30/2001 de 19 de julho.

A avaliação diagnóstica ocorre no início de cada ano letivo e sempre que se inicia uma nova unidade de ensino, a fim de permitir o eventual ajustamento do processo ensino-aprendizagem.

 

A avaliação formativa (principal modalidade de avaliação do ensino básico) assume um caráter contínuo e sistemático e visa a regulação do ensino e da aprendizagem, recorrendo a uma variedade de instrumentos de recolha de informação, de acordo com a natureza das aprendizagens e dos contextos em que ocorrem, assim como das especificidades de cada área curricular disciplinar ou não disciplinar.

 

A avaliação sumativa consiste na formulação de uma síntese das informações recolhidas sobre o desenvolvimento das aprendizagens e competências definidas para cada área curricular disciplinar, conferindo particular atenção à evolução do conjunto dessas aprendizagens e competências.

 

A avaliação sumativa tem lugar no final de cada período e de cada ano letivo e é expressa de forma qualitativa. A classificação obtida no final de cada período será o resultado da análise de três domínios: aprendizagens, execução de tarefas e comportamentos / atitudes.

 

No âmbito da avaliação externa, os alunos do 1º ciclo do ensino básico são submetidos a testes e provas nacionais.

2º ano – Testes Intermédios de Língua Portuguesa e de Matemática.

4º ano – Exames de Língua Portuguesa e Matemática.

 

Datas de avaliação disponibilizadas em breve.